DARLINGTONIA (Sarraceniaceae)

Faz parte deste gênero somente uma espécie: D. californica, nativa do norte da California e sul do Oregon, EUA. Cresce a grande altitude, em locais alagados, aonde há água corrente sobre o solo. Assim, embora se encontrem expostas à luz solar direta, as raízes e os rizomas são mantidos resfriados.

A D. californica é conhecida popularmente como "planta cobra" porque seus ascídios lembram uma cobra erguida, se preparando para dar o bote. Os ascídios têm, às vezes, uma bela coloração avermelhada, o que ajuda a atrair as presas. Há uma "pista de aterrisagem" para insetos, na verdade de um apêndice foliar, que lembra a língua bífida de uma cobra. Esse apêndice se encontra próximo à entrada da armadilha, esta por sua vez localizada na face inferior de um largo "capuz" repleto de fenestragens.

Para insetos voadores sugando o néctar em volta da entrada da armadilha, as fenestragens parecem ser buracos. Se algum inseto escorregar das lisas paredes internas da folha, e tentar voar por essas "saídas", ele se chocará e cairá no fundo do ascídio, aonde será decomposto por bactérias (aparentemente a D. californica não produz enzimas digestivas) e então absorvido pela planta.

     Folha da Darlingtonia californica
"Jarro" (folha)

CULTIVO

Como acontece com Sarracenia, a D. californica também necessita de dormência no inverno.

Seu cultivo é difícil porque a planta necessita de luz solar direta mas ao mesmo tempo suas raízes devem ser mantidas resfriadas. Mais difícil ainda conseguir isso em locais de clima quente, como é o caso no Brasil.

Uma possível solução é manter as plantas aonde recebam bem pouca luz solar direta, talvez um pouco pela manhã ou um pouco pela tarde. Desse modo não adquirem um colorido intenso, mas possivelmente têm uma melhor chance de sobrevivência.

Outra dica seria cultivá-las em Sphagnum puro, em vasos de barro, assim o substrato ficaria menos aquecido. E evitar manter os vasos sobre a mesma água por muito tempo quando estiver quente.




ESPÉCIES

>  D. californica

D. californica

Cultivada, Marcelo
Um espécime em fase juvenil, com as folhas ainda não eretas.
(Jun/1999)

MAKF